12.13.2005

MODAS ALENTEJANAS



AS NUVENS QUE ANDAM NO AR


Ontem à noite à meia noite
Ouvi cantar e chorei
Lembrei-me da mocidade
Que tão criança a deixei

As nuvens que andam no ar
Arrastadas pelo vento
Foram buscar água ao mar
P’ra regar em todo o tempo
P’ra regar em todo o tempo
Em todo o tempo regar
Arrastadas pelo vento
As nuvens que andam no ar
O cantar à meia-noite
É um cantar excelente
Acorda quem está dormindo
Melhora quem está doente
As nuvens que andam no ar
Arrastadas pelo vento

4 Comments:

At 9:31 da tarde, Blogger Vanda said...

Se o cantar fizer esquecer
As mágoas ao coração
Todo o momento hei-de ver
Cada boca uma canção

Essa moda é muito bonita.

 
At 12:22 da tarde, Blogger O Chaparro said...

Lembro me de a cantar a muitos anos e é bonita, sim vanda.

 
At 10:49 da tarde, Anonymous Anónimo said...

What a great site
»

 
At 8:55 da manhã, Anonymous Anónimo said...

That's a great story. Waiting for more. Hairloss.com propecia Arthrogryposis caused by diazepam business health indiana insurance small http://www.central-heating-pumps.info Ohip rhinoplasty

 

Enviar um comentário

<< Home

Counter
Free Web Site Counter