11.11.2005

À PROCURA DO PÉNIS GIGANTE

Esta vinha no Correio da Manhã de hoje e eu achei que merecia um post.

Há cada vez mais portugueses preocupados com o tamanho do seu pénis e a recorrer à cirurgia plástica para conseguir os tão desejados centímetros a mais. A procura disparou nos últimos dez anos, com os números a aumentarem mais do que seis vezes.

Biscaia Fraga, director do serviço de Cirurgia Plástica e Maxilo-Facial do Hospital de Egas Moniz e do Centro Internacional de Cirurgia Plástica e Estética, revela os números. “Há dez anos tinha menos de uma centena de homens que procuravam ajuda. Agora são à volta de 600.”

Fernando Silva (nome falso) é um deles. Exige o anonimato, mas quer falar por uma razão concreta: que outros homens, insatisfeitos como ele, saibam que há uma alternativa.
Hoje, aos 62 anos, diz-se satisfeito com o tamanho e, sobretudo, a grossura do pénis. Nem sempre foi assim.

“Não sou vaidoso, tenho os pés bem assentes no chão, mas não me sentia bem comigo. Quando me despia junto de outros homens, ouvia comentários e isso ficou-me na cabeça.” Por isso, decidiu, há quatro anos, avançar para a cirurgia plástica.
Tinha 17 centímetros de pénis em erecção, mas entendi que era pouco e que podia ser mais grosso para agradar à minha companheira.”

O primeiro cirurgião que consultou garantiu que não havia problema, mas Fernando não estava satisfeito. “Queria dar outra amplitude às minhas relações sexuais.”

Decidido, avançou para uma cirurgia a que os especialistas chamam de lipoplastia peniana – consiste em colocar no pénis gordura retirada de outras partes do corpo.

Quanto aos centímetros a mais, acabou por abdicar. “A intervenção era longa e dolorosa e eu até nem estava nada mal servido nesse aspecto. Mas fiquei muito satisfeito com o novo perímetro do meu pénis.”

O mesmo não aconteceu com a companheira, casada com ele há 28 anos, que não se deixou conquistar pela novidade. “Não gostou muito. Quando me viu, disse que era um exagero e só à conta de muito lubrificante é que fomos capazes de ter relações.”

O relacionamento acabou por chegar ao fim( por os vistos quantidade não é qualidade).

Não pelo acréscimo de pénis, garante Fernando.
Mas lá vai dizendo que nunca conseguiu convencer verdadeiramente a mulher das maravilhas conseguidas com recurso ao bisturi.
Hoje, procura o amor e está convencido de que vai agradar.
“Se tiver um novo relacionamento, a pessoa vai conhecer-me assim, como sou agora, e garanto que vai gostar e ter prazer.”

Ah, leão !

6 Comments:

At 12:58 da tarde, Blogger Marco Ferreira said...

Sempre ouvi dizer que o tamanho não tinha qualquer relação directa com a quantidade de prazer que se pode dar à mulher (as únicas mulheres que dizem que o tamanho conta são as actrizes pornos, também não admira).
Mas como eu costumo dizer: enquanto tiver lingua e dedos não à mulher que meta medo.

marinheiroaguadoce em mais uma navegação.

 
At 2:48 da tarde, Blogger pinky said...

hahahahah...acho muito bem que quem não esteja satisfeito com as suas imperfeições que as corrija, mas há que ter cuidado e não entrar em exageros...tudo o que é demais.....

 
At 4:55 da manhã, Anonymous Anónimo said...

This is very interesting site...
»

 
At 3:20 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Best regards from NY! » » »

 
At 5:07 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Keep up the good work »

 
At 3:39 da tarde, Anonymous Anónimo said...

A todos os homens iludidos, o tamanho conta, e não me refiro às opiniões das actrizes porno. E por mais interessante que seja a lingua, e por melhor que trabalhem os dedos, não há nada como um pénis com uns centímetros ideais.

 

Enviar um comentário

<< Home

Counter
Free Web Site Counter